Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Centros de vacinação com capacidade para vacinar cerca de 50 pessoas/hora

A Direção-Geral da Saúde (DGS) já deu indicações sobre como irão funcionar os centros que vão permitir acelerar o processo de vacinação contra a COVID-19, em Portugal.De acordo com a orientação da DGS, estes Centros de Vacinação COVID-19 (CVC) devem ter como referência, um ou mais módulos de vacinação, cada um com cinco postos, para que cada enfermeiro consiga vacinar uma pessoa a cada 6-10 minutos. Ou seja, apontando para que em cada um desses módulos seja possível vacinar até 50 pessoas por hora.O local escolhido para implementação destes centros deve ainda obedecer a um conjunto de requisitos. Nomeadamente, que se tratem de espaços amplos e arejados, que tenham uma rede de frio adequada às especificidades de cada vacina instruções do fabricante, bem como profissionais de saúde com treino e formação para vacinar e atuar em caso de reações anafiláticas e equipamento de emergência para tratar estas situações.A DGS aconselha ainda a que, de acordo com a dimensão e localização geográfica do CVC, seja avaliada a necessidade da permanência de uma ambulância, em prontidão.Quanto aos recursos humanos, a orientação vai no sentido de que cada módulo de cinco postos de vacinação tenha um médico/enfermeiro para a coordenação, cinco assistentes técnicos para apoio administrativo, dois técnicos de farmácia/enfermeiros para a preparação das vacinas, pelo menos cinco enfermeiros para a administração e um a dois enfermeiros para vigiar os utentes depois de vacinados.Leia mais detalhes sobre o modelo de funcionamento previsto para os CVC aqui.

Leave a Comment

Scroll to Top