Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Análise ao sangue capaz de detectar e localizar oito tipos de cancro

Investigadores apresentam um teste não invasivo que usa a informação de dois biomarcadores: os níveis de proteínas associadas a cancro, bem como a presença de mutações genéticas no sangue.

Chama-se CancerSEEK e combina a análise do ADN com a detecção de oito proteínas associadas a oito tipos de cancros. O novo método é apresentado esta sexta-feira na revista Science por uma equipa liderada por cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, nos EUA. O objectivo deste teste não invasivo, que ainda terá de ser validado para chegar à prática clínica, é conseguir uma detecção precoce de vários cancros e a um baixo custo. Para já, foi usado em mais de mil doentes demonstrando uma sensibilidade que varia entre os 69 e 98%, dependendo do tipo de cancro.

Uma rápida pesquisa na Internet leva-nos a várias notícias sobre projetos de investigação que procuram detectar o cancro (vários tipos de cancro) através de uma simples análise ao sangue. Uma equipa de investigadores apresenta agora o CancerSEEK que representa mais um avanço neste caminho para uma detecção simples (não invasiva) e precoce de cancro. “Há vários elementos novos no nosso estudo”, esclarece ao PÚBLICO Nickolas Papapdopoulos, autor principal do artigo e professor de oncologia e patologia no Centro de Cancro Kimmel na Universidade de Johns Hopkins.

Ler na íntegra aqui.

Fonte: Público

Leave a Comment

Scroll to Top