Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

AFP participa nas Jornadas de Farmácia Comunitária 2023

Manuela Pacheco, Vice-Presidente da Associação de Farmácias de Portugal (AFP) participou, no dia 28 de maio, nas Jornadas de Farmácia Comunitária 2023 na mesa-redonda intitulada “Recolha de Dados e Geração de Evidência”. No painel, moderado por Carla Torre, da Ordem dos Farmacêuticos, Manuela Pacheco teve a oportunidade de reforçar a importância da partilha de dados em saúde como um contributo fundamental para a melhoria dos cuidados de saúde prestados aos doentes.

“A visão integrada do percurso do doente, refletida nos dados partilhados, é um fator extremamente importante para todos os envolvidos, seja para os doentes, para os profissionais de saúde ou para o próprio Estado. No caso das Farmácias Comunitárias, esta consulta de dados integrados permite a prestação de serviços tais como a vacinação, a dispensa em proximidade, a reconciliação terapêutica, o acompanhamento de doentes crónicos, entre outros. É ainda um apoio à tomada de decisão. Tudo isto é fundamental para garantir a segurança do utente.”, explica a Vice-Presidente da AFP.

Sobre o registo e monitorização do serviço farmacêutico, Manuela Pacheco defendeu que é através do tratamento e análise de dados que se pode gerar evidências e acrescentar valor. “A monitorização e posterior utilização dos dados recolhidos, vão permitir medir o valor que estes serviços acrescentam ao Serviço Nacional de Saúde. Deste modo, com o conhecimento do impacto destes serviços, podemos saber o ganho que se consegue e propor valores para a remuneração desses serviços, sustentados numa partilha de ganhos em Saúde”, concluiu.

A mesa-redonda contou também com a participação da Associação Nacional das Farmácias (ANF) e dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) e integrou as Jornadas de Farmácia Comunitária 2023, uma iniciativa que decorreu dia 27 e 28 de maio, no Europarque em Sta. Maria da Feira.

Através de várias sessões, debates e webinars, estas jornadas, organizadas pelo Conselho do Colégio de Especialidade de Farmácia Comunitária da Ordem dos Farmacêuticos, pretendem ser um fórum de discussão sobre a atualidade do setor e antever os principais desafios que o farmacêutico comunitário poderá enfrentar no futuro.

Leave a Comment

Scroll to Top