Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Vacinação nas farmácias do Reino Unido – Notícias


Centenas de várias farmácias no Reino Unido estão envolvidas na campanha de vacinação contra a covid-19. O primeiro-ministro, Boris Johnson, destacou, na Câmara dos Comuns, o papel vital que as farmácias comunitárias podem desempenhar no programa de vacinação.

As farmácias comunitárias britânicas iniciaram a administração de vacinas contra a covid-19 aos cidadãos dos grupos prioritários.

O porta-voz do NHS explicou que “as farmácias estão a trabalhar com os médicos de Clínica Geral e Familiar para vacinar em muitas áreas do país e, à medida que mais doses de vacina se tornam disponíveis, os farmacêuticos comunitários serão capazes de administrar um grande número de vacinas, e serão os primeiros a desempenhar um papel no programa de vacinação em fases do NHS – o maior na história do serviço de saúde”.

O Instituto para a Mudança Global, do ex-primeiro-ministro Tony Blair, recomendou ao Governo que expandisse o programa de vacinação contra a covid-19 a “todas as farmácias, independentemente de seu tamanho”.

Também os farmacêuticos comunitários britânicos tinham sugerido ao governo que aproveitasse a sua capacidade e competência para vacinar a população contra o novo coronavírus.
“Os farmacêuticos querem ajudar – eles já estão capacitados para dar vacinas, e as pessoas pedem por um acesso local conveniente à vacina”, disse Andrew Lane, presidente da National Pharmacy Associatio. “Devem também ser apoiadas para participar neste esforço nacional urgente”, acrescentou.
Sandra Gidley, presidente da Royal Pharmaceutical Society, estimou que a participação das 11 mil farmácias comunitárias do Reino Unido permita vacinar mais 1,3 milhões de pessoas por semana, em particular os cidadãos que vivem em zonas mais remotas do território britânico.

Consulte o artigo do The Pharmaceutical Journal.

Link da fonte

Scroll to Top