Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Primeira fase do concurso de acesso ao ensino superior arranca com 705 vagas para futuros farmacêuticos – Notícias


O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, através da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), disponibilizou os dados relativos ao Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior Público 2021/2022, que decorre até 20 de agosto. As instituições de ensino superior públicas que lecionam o Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas disponibilizam 705 vagas para futuros farmacêuticos.

Arrancou a 6 de agosto a primeira fase do Concurso Nacional
de Acesso ao Ensino Superior 2021/2022. Ao todo, são disponibilizadas mais de
52 mil vagas para ingresso dos jovens finalistas do ensino secundário no ensino
superior universitário e politécnico. Os resultados devem ser conhecidos a 27
de setembro.

As cinco instituições públicas que lecionam o Mestrado
Integrado em Ciências Farmacêuticos (MICF) – Faculdades de Farmácia das
Universidades de Lisboa, Porto e Coimbra e Universidades da Beira Interior e do
Algarve – disponibilizam este ano um total de 690 vagas, às quais se juntam as
15 vagas da Universidade dos Açores para o Ciclo Preparatório do MICF,
correspondente aos dois primeiros anos do curso.

São, portanto, 705 vagas para futuros farmacêuticos, mais oito
do que no ano passado, em virtude do aumento de vagas disponibilizadas pela
Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra. No ano passado, a média de
colocação do último candidato a cada uma das instituições que leciona o MICF aumentou
consideravelmente, mais de 10 pontos em todas as instituições.

A Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa e a
Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra são as instituições que
disponibilizam mais vagas no concurso geral de acesso – 212 e 198,
respetivamente. A Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto mantém as 175
vagas disponibilizadas no ano passado, em que foi também a instituição com a
nota de entrada do último classificado mais elevada (161).

Na Universidade da Beira Interior, na Covilhã, o curso de
Ciências Farmacêuticas disponibiliza 60 vagas, enquanto na Faculdade de
Ciências e Tecnologia da Universidade do Algarve são disponibilizadas 45 vagas.

Consulte o quadro com a evolução das vagas disponibilizadas
para acesso ao MICF e respetivas notas de entrada dos últimos colocados.

Para
mais informações, visite a página eletrónica da DGES.

Link da fonte

Scroll to Top