Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

“Porto com + Saúde” quer garantir medicamentos aos idosos mais carenciados – Notícias


O projecto “Porto com + Saúde” arrancou em quatro farmácias da cidade do Porto. A iniciativa da Associação Cura +, formada por estudantes do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP), foi apresentada ao público no dia 29 de Fevereiro, propondo-se a sinalizar os idosos com baixos rendimentos, numa primeira fase os utentes do Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Vitória que sofrem de uma doença crónica e que apresentam dificuldades financeiras para adquirir a medicação prescrita.

O projecto “Porto com + Saúde” arrancou em quatro farmácias da cidade do Porto. A iniciativa da Associação Cura +, formada por estudantes do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP), foi apresentada ao público no dia 29 de Fevereiro, propondo-se a sinalizar os idosos com baixos rendimentos, numa primeira fase os utentes do Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Vitória que sofrem de uma doença crónica e que apresentam dificuldades financeiras para adquirir a medicação prescrita. Os voluntários da associação vão solicitar donativos aos utentes das farmácias aderentes – Farmácia Lemos, Farmácia Aliança, Farmácia Vitália e Farmácia Pombeiro – para a aquisição dos medicamentos necessários.
    
A associação constituiu também o Fundo Cura +, para onde são canalizadas as verbas provenientes de subsídios, patrocínios e apoios de entidades públicas ou privadas, bem como os donativos recebidos através de transferência bancária (NIB da Associação Cura+: 0033 0000 4547 4174 5320 5).

Desde modo, a associação poderá suportar os custos dos medicamentos que integram a lista de necessidades dos utentes carenciados que não foram cobertos pelos donativos recebidos nas farmácias.

Fundada em 2015, por um grupo de estudantes da FFUP, a Associação Cura + nasceu com o objectivo de sensibilizar a sociedade para as desigualdades existentes no acesso a cuidados de saúde e minimizar, em particular, as dificuldades económicas no acesso a medicamentos sujeitos a receita médica.

A Associação promove o envolvimento dos jovens em projectos de cariz solidário que visem melhorar a qualidade de vida das pessoas carenciadas, designadamente através da realização de acções de voluntariado no sector farmacêutico, na promoção da educação e do uso responsável do medicamento e no âmbito do acompanhamento social, através de actividades que permitam a angariação de fundos.

Actualmente, a associação conta com cerca de 70 voluntários, entre estudantes da FFUP e das Faculdades de Economia (FEP) e de Belas Artes (FBAUP). “O único requisito fundamental para integrar este banco é ser-se estudante do Ensino Superior”, realça a presidente da associação, Joana Carvalho, citada pela Universidade do Porto.

“O objectivo é permitir que o voluntário possa desenvolver e complementar as suas competências e, simultaneamente, aplique os conhecimentos e conceitos que adquire ao longo do seu percurso académico, assegurando a formação de equipas multidisciplinares que estimulem a convergência de pareceres”, acrescenta.

Todos os interessados podem assim associar-se às iniciativas da Cura + como voluntários (aqui).

A Ordem dos Farmacêuticos e a Associação Cura + têm em curso um protocolo de colaboração que abrange os projectos e actividades de solidariedade social desenvolvidas por esta associação, nomeadamente no âmbito da elaboração da documentação técnica e de suporte à realização destas iniciativas, mas também no que se refere à sua promoção e divulgação.

A par do projecto “Porto com + Saúde”, a associação pretende também desenvolver uma iniciativa relacionada com a polimedicação que visa explicar os aspectos gerais da toma simultânea de vários medicamentos, dos perigos associados e prevenir eventuais erros de medicação.

Além da participação nas campanhas e outras actividades desenvolvidas, os voluntários formados pela associação, com o apoio da FFUP, podem ministrar sessões educativas nas entidades que o requeiram.

Os interessados podem também contactar a Associação Cura+ através do e-mail geral@curamais.com.

Link da fonte

Scroll to Top