Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

PGEU elege novo presidente – Notícias


O Grupo Farmacêutico da União Europeia (PGEU) esteve reunido em Assembleia Geral, no dia 14 de junho, em Roma, para eleger os seus órgãos sociais para o ano de 2023 e discutir os principais temas legislativos, económicos e profissionais de âmbito farmacêutico na União Europeia.

Koen Straetmans, da Associação de Farmacêuticos Belga (APB) e
Risto Kanerva, da Associação de Farmácias Finlandesa, foram eleitos,
respetivamente, presidente e vice-presidente do PGEU para o ano de 2023, sucedendo aos
representantes de Itália e Áustria, Roberto Tobia e Raimund Podroschko, que
prosseguem o mandato até ao final deste ano.

No seu discurso após a eleição, o futuro presidente do PGEU,
Koen Straetmans revelou-se “muito orgulhoso de ter sido eleito presidente da
organização”.

“A próxima revisão da Legislação Farmacêutica da União
Europeia e o recentemente adotado regulamento sobre o Espaço Europeu de Dados
de Saúde terão um impacto significativo no setor farmacêutico. Estou empenhado
em trabalhar estreitamente com a equipa do PGEU e todos os membros do PGEU para
garantir que as opiniões dos farmacêuticos comunitários são levadas em
consideração no processo de tomada de decisão da União Europeia e que o novo
quadro regulamentar ajude a nossa prática diária na farmácia e traga benefícios
tangíveis para os doente”, disse o responsável

“Precisamos de garantir que a nova legislação introduz
medidas eficazes para melhorar a disponibilidade de medicamentos e mitigar a
sua escassez. Também precisamos de assegurar que a criação do Espaço Europeu de
Dados de Saúde moldará a transformação digital de uma maneira que realmente
apoie os farmacêuticos, que promova a colaboração interprofissional, que
assegure a proteção de dados, mas que também garanta transparência e facilite a
recolha de dados para melhorar as decisões regulamentares e avançar o progresso
científico”, acrescentou.

No dia seguinte à Assembleia Geral, os membros do PGEU
participaram no Simpósio subordinado ao tema “O Futuro da Legislação
Farmacêutica da União Europeia”, que reuniu especialistas representantes da Academia,
Indústria Farmacêutica, Sociedade Civil, Autoridades governamentais e Doentes. Os
painéis do Simpósio abordaram os temas do acesso a medicamentos, informação
aos doentes, com especial ênfase nos folhetos informativos digitais, e a geração
de evidência em contexto de vida real na regulação de medicamentos, que contou
com a participação da farmacêutica portuguesa, Ema Paulino.

Link da fonte

Scroll to Top