Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Papa realça intervenção dos farmacêuticos na COVID-19 – Notícias


O Papa Francisco recebeu uma delegação da Federação Internacional dos Farmacêuticos Católicos, num encontro realizado na Casa Santa Marta, no Vaticano, a 2 de maio, em que destacou o relevante contributo da profissão no combate à pandemia de COVID-19.

“A pandemia de COVID-19 colocou os farmacêuticos na linha de
frente. Os cidadãos, muitas vezes perdidos, encontraram em vocês um ponto de
referência para assistência, conselho, informação e também, como bem sabemos,
para poder realizar rapidamente os testes necessários para a vida e as
atividades diárias”, destacou o Sumo Pontífice.

Francisco sublinhou o papel social dos farmacêuticos,
considerados como “uma ponte” entre os cidadãos e os serviços de saúde. Em
contexto de pandemia, “os serviços de saúde colocados à prova, senão
paralisados, podem levar a mais desconforto, sofrimento e, infelizmente, mais
danos à saúde. Os farmacêuticos dão uma dupla contribuição para o bem comum:
aliviam a carga sobre o sistema de saúde e diminuem as tensões sociais”,
destacou o Papa.

“Para as pessoas é muito importante a proximidade, o
conselho e a familiaridade que deveria ser inerente de uma assistência em
saúde”, acrescentou.

O Chefe da Igreja Católica sublinhou ainda o valor social e
cultural da profissão. “Todos somos chamados a aprender um estilo de vida que
respeite mais o ambiente em que Deus nos colocou, da nossa casa comum. E este
estilo de vida também inclui uma forma saudável de comer e de viver em geral.
Penso que os farmacêuticos também podem ´criar cultura´ nesta área, promovendo
uma maior sabedoria para levar uma vida saudável”.

“Os farmacêuticos podem ajudar a desmascarar os enganos de
um falso bem-estar e a educar para um verdadeiro ´viver bem´, que não seja um
privilégio de poucos, mas ao alcance de todos”, concluiu.

Link da fonte

Scroll to Top