Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Ordem reuniu com farmacêuticos residentes e tutores – Notícias


A Ordem dos Farmacêuticos (OF) esteve reunida com os farmacêuticos residentes e os seus tutores, em duas ocasiões distintas, com o objetivo de registar experiências, constrangimentos e dificuldades no programa de especialização de farmacêuticos no Serviço Nacional de Saúde. O encontro ocorreu dias antes da realização da segunda Prova de Ingresso na Residência Farmacêutica, que vai permitir a entrada de mais 139 farmacêuticos residentes nas unidades de saúde do SNS.

O primeiro encontro, com os tutores dos farmacêuticos que
foram integrados no primeiro programa da Residência Farmacêutica no SNS,
decorreu a 22 de setembro, em formato virtual, o qual permitiu juntar a maioria
dos responsáveis pelo percurso formativo destes novos farmacêuticos que
procuraram a especialização através do SNS, e consequente acesso à Carreira
Farmacêutica.

O encontro com os farmacêuticos residentes, realizado no Dia
Nacional do Farmacêutico, a 26 de setembro, no Salão Nobre da Faculdade de
Farmácia da Universidade do Porto, juntou mais de meia centena de farmacêuticos
residentes de diferentes unidades de saúde do país e das três áreas de
especialização farmacêutica abrangidas pela Residência Farmacêutica – Análises
Clínicas, Farmácia Hospitalar e Genética Humana.

Residentes e tutores transmitiram aos responsáveis da OF
várias considerações sobre as respetivas experiências. Dos testemunhos
apresentados, realça-se a diversidade de realidades nas instituições com
idoneidade formativa, o que reforça a necessidade de partilha de boas práticas
e uniformização de alguns processos, como os critérios de avaliações.

Os tutores abordaram também a relação com os seus residentes
e evidenciaram a necessidade de mais tempo
dedicado pelas equipas para orientação destes novos elementos, tal como
previsto no Decreto-Lei n.º 6/2020.

Os farmacêuticos residentes questionaram as perspetivas
sobre a conclusão do programa, bem como a sustentabilidade da abertura de vagas
para novos residentes, tendo sugerido um maior investimento das diferentes
entidades na realização de formações dirigidas aos novos residentes.

A OF revelou a intenção de manter encontros periódicos com
estes farmacêuticos e o seus orientadores para acompanhar o desenvolvido do
programa formativo, tendo-se também comprometido em endereçar algumas dúvidas e
questões suscitadas à Administração Central do
Sistema de Saúde.

Link da fonte

Scroll to Top