Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Manuel Pizarro novo ministro da Saúde – Notícias

Manuel Pizarro tomou posse como ministro da Saúde.

Alia experiência como profissional de saúde ao conhecimento da realidade política do setor. Primeiro como deputado, membro da Comissão Parlamentar de Saúde, e depois como secretário de Estado do Ministério da Saúde.

Nos últimos anos esteve como eurodeputado, mantendo, no entanto, proximidade com a realidade nacional do setor da Saúde, nomeadamente como alto-comissário da Convenção Nacional da Saúde, organização a que a Ordem dos Farmacêuticos (OF) também pertence, entre dezenas de outras entidades da área da Saúde.

A OF felicitou o novo ministro pela sua nomeação e fez votos para que o mandato que agora se inicia possa contribuir para a melhoria do acesso a serviços de Saúde de qualidade.

A OF demonstrou ainda a sua disponibilidade
para contribuir para aquele fim através de colaboração com o Ministério da
Saúde.

“O sistema de saúde e o Serviço Nacional de Saúde, em
particular, enfrentam desafios tremendos, que têm de ser claramente
identificados e resolvidos”, realça o bastonário da OF, Helder Mota Filipe.

Quanto ao perfil do novo ministro, Helder Mota Filipe considera
que “tem uma visão menos marcada e rígida do SNS, mais focada nos
resultados”, realçando o seu caráter “pragmático” e
“flexível” que conjuga com uma “capacidade de ouvir e de
dialogar”.

“O meu desejo é que o Dr. Manuel Pizarro deixe a Saúde do País melhor do
que aquela que agora encontra. Há muito trabalho pela frente e os farmacêuticos
têm propostas sustentadas para ajudar a resolver muitos problemas”, sustenta.
“Assim haja vontade política para os concretizar”, reforça o bastonário.

Os nomes dos secretários de Estado que formam a nova equipa
ministerial devem ser conhecidos nos próximos dias.

O novo ministro é médico especialista em Medicina Interna, no Centro
Hospitalar e Universitário de São João, e foi diretor clínico do Hospital da
Ordem da Trindade.

Em 2008, exerceu funções como secretário de Estado da Saúde e,
entre 2009 e 2011, como secretário de Estado Adjunto e da Saúde.

Link da fonte

Scroll to Top