Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Mais de 26 Milhões de mensagens enviadas para lembrar consultas aos utentes – SPMS

O sistema de envio de mensagens de texto (SMS) para evitar que utentes faltem a consultas e rastreios está implementado em 37 Unidades Locais de Saúde (ULS). Desde setembro de 2022, foram enviadas mais de 26 milhões de SMS para atos nos Cuidados de Saúde Primários.

A medida tem sido expandida, progressivamente, e, na prática, está implementada em quase todos os Agrupamentos de Centros de Saúde ( ACeS ) de norte a sul do país.

“Não falte. Esta consulta pode fazer falta a outra pessoa” é como termina a SMS enviada no dia do agendamento e dois dias antes da consulta ou rastreio. O objetivo é sempre o mesmo: evitar que os utentes faltem ou que avisem com antecedência que irão faltar, de forma a permitir o reagendamento da consulta ou rastreio nos Cuidados de Saúde Primários.

O sistema abrange consultas de várias tipologias prestadas nas unidades de Cuidados de Saúde Primários, por exemplo, médicas, de enfermagem para rastreios do cancro do colo do útero, de saúde visual infantil ou de retinopatia diabética, entre outras. De ano para ano, o número de utentes a receber SMS tem crescido.

Com a substituição dos sistemas de informação dos Cuidados de Saúde Primários, iniciativa inserida nos projetos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para a Transição Digital na Saúde, esta medida pretende, essencialmente, reduzir a taxa de faltas aos agendamentos feitos nos Cuidados de Saúde Primários.

Link da fonte

Scroll to Top