Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Ivermectina ainda sem evidência no tratamento e profilaxia da COVID-19 – Notícias

A Comissão de Avaliação de Medicamentos do INFARMED considera que não existem evidências que apoiem a utilização deste medicamento [ivermectina] na profilaxia e tratamento da COVID-19. Em comunicado, destaca as limitações dos ensaios realizados e as dúvidas sobre dosagens e segurança.

A autoridades reguladora esclarece que os medicamentos
contendo ivermectina atuam como antiparasitários no tratamento da filariose,
estrongiloidose e escabiose, profilaxia da recidiva da estrongiloidíase e na
escabiose persistente ou escabiose.

 

A CAM analisou os artigos e publicações disponíveis sobre o
uso da substância no contexto da profilaxia e tratamento da COVID-19. Os
peritos realçam as “limitações metodológicas nos ensaios em que a ivermectina
foi utilizada e as dúvidas quanto à dose adequada e sua segurança”,
considerando que até à data “não existem evidências que apoiem a utilização
deste medicamento na profilaxia e tratamento da COVID-19.

Link da fonte

Scroll to Top