Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

FIP propõe competências farmacêuticas para ações humanitárias – Notícias


A Federação Internacional Farmacêutica (FIP) publicou ontem o documento “FIP Global Humanitarian Competency Framework — Supporting pharmacists and the pharmaceutical workforce in a humanitarian arena”, destinado aos farmacêuticos que trabalhem ou desejam exercer em atividades humanitárias, disponibilizando serviços farmacêuticos durante desastres e para pessoas afetadas por conflitos armados.

A estrutura foi desenvolvida por um grupo de trabalho da FIP liderado por Sylvain Grenier, presidente da Seção de Farmácia Militar e de Emergência da FIP. “Além da prática tradicional da farmácia, os farmacêuticos que trabalham na área humanitária são obrigados a cumprir tarefas exclusivas do setor humanitário. No entanto, existem poucos programas de desenvolvimento para treinar esses farmacêuticos e não havia uma estrutura prontamente disponível para o seu desenvolvimento. Com o crescimento da procura por farmacêuticos com tais habilidades, também houve uma maior necessidade de uma estrutura de competência reconhecida internacionalmente ”, disse Grenier.

A estrutura da competências da FIP consiste em 22 competências essenciais e 88 comportamentos associados, agrupados em quatro domínios: população, utentes, sistema e prática. Foi desenvolvido com base na pesquisa bibliográfica e nas experiências dos membros do grupo de trabalho, o que levou à identificação de 588 tarefas e responsabilidades dos farmacêuticos que trabalham em arenas humanitárias (346 relacionadas às funções dos farmacêuticos e 242 relacionadas à farmacologística).

Consulte o “The FIP Global Humanitarian Competency Framework” aqui.

Link da fonte

Scroll to Top