Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

FIP lança toolkit de incentivo à vacinação por parte dos farmacêuticos – Notícias

A Federação Internacional Farmacêutica (FIP) desenvolveu um novo toolkit de incentivo à implementação de uma “abordagem ao longo da vida” no que toca à vacinação por parte de farmacêuticos. Esta abordagem reconhece que a saúde é moldada por uma série de eventos que ocorrem ao longo da vida, como é o caso das vacinas com benéficas evidências demonstradas na saúde de grupos etários específicos e vulneráveis.

Portugal destaca-se na área da vacinação por farmacêuticos através da Competência em Administração de Vacinas e Medicamentos Injetáveis e a administração de vacinas que não incluídas no Plano Nacional de Vacinação nas farmácias comunitárias, serviços visto como exemplos pela FIP neste documento.

Este toolkit descreve três áreas políticas fundamentais que devem ser abordadas: a regulamentação e a prescrição; os modelos de remuneração de serviços; e o acesso aos dados e cadernetas de vacinação. Para cada uma destas áreas são apresentados casos estudos relativos a vários países, estando ainda identificados vários facilitadores e barreiras existentes nesta matéria.

“A equidade em saúde só é alcançada quando não há diferenças na qualidade e no acesso à saúde entre todos os grupos e em todas as idades de uma sociedade. Este conjunto de ferramentas políticas destina-se às organizações membros do FIP e procura acelerar a imunização ao longo da vida. Tirando lições de nossos membros, o kit de ferramentas fornece uma lista universal de facilitadores e barreiras que as organizações podem usar para rastrear e monitorar seu progresso em direção a esse objetivo”, disse a CEO da FIP, Dra. Catherine Duggan.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), na sua Agenda de Imunização 2030, recomenda que todos os Estados-membros adotem uma “abordagem ao longo da vida” para a imunização e também o Plano de Ação da Década do Envelhecimento Saudável das Nações Unidas 2021-2030 insta a ampliação dos cuidados de saúde primários para fornecer uma gama abrangente de serviços para as pessoas idosas, incluindo a vacinação. Aproveitar a formação nesta área que os farmacêuticos têm para oferecer a “abordagem ao longo da vida” para a vacinação é fundamental, dizem os autores.

Link da fonte

Scroll to Top