Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Farmacêuticos querem mais informação profissional relevante – Notícias


A Ordem dos Farmacêuticos realizou um inquérito aos farmacêuticos para conhecer os seus hábitos e preferências de informação sobre matérias de índole profissional e para avaliar os suportes e plataformas de comunicação da instituição. Os resultados revelam o interesse dos farmacêuticos por informações relevantes para a sua atividade profissional e a preferência por comunicações eletrónicas e plataformas digitais.

A esmagadora maioria dos farmacêuticos consulta assiduamente
informação relevante para a sua atividade profissional ­– quase metade todos os
dias e cerca de 40% todas as semanas. A maioria aponta ainda a “Internet”, os
“Centros de Informação sobre Medicamentos” e as “Bases de Dados Científicas”
como principais fontes de informação.

Além dos hábitos e preferências de informação dos
farmacêuticos, o inquérito promovido pela OF entre o final de 2020 e o início
de 2021 pretendeu também registar a opinião sobre os suportes e plataformas de
comunicação da instituição. Cerca de 90% dos farmacêuticos revelam interesse
nas informações veiculadas pela OF e gostariam de receber mais informações
relevantes para a sua atividade profissional, de preferência por via eletrónica
(email).

A revista, websites, newsletters e redes sociais da OF foram
avaliadas pelos participantes, apresentando comentários e sugestões que serão
avaliados na implementação de projetos futuros. Entre os conteúdos mais
valorizados pelos farmacêuticos estão os alertas de qualidade e segurança, a
informações oficial da OF (comunicados, pareceres, normas profissionais) e os
eventos e formações ligadas à sua atividade setor. Na mesma linha, as formações
e o apoio/assistência online são as funcionalidades/serviços mais referidos.

A generalidade dos inquiridos mostra-se satisfeito com a
comunicação da OF. O inquérito realizado online entre os dias 23 de dezembro de
2020 e 31 de janeiro de 2021 registou 549 respostas com uma distribuição etária
homogénea (exceto na faixa etária acima dos 65 anos) e uma distribuição
geográfica e profissional proporcional à realidade dos membros OF, em que cerca
de metade são respostas de membros da região “Sul” e quase 70% são
farmacêuticos comunitários.

Clique para consultar os resultados completos do inquérito.

Link da fonte

Scroll to Top