Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Farmacêuticos portugueses são referência internacional na vacinação – Notícias

A Campanha de Vacinação Sazonal do Outono-Inverno
2023-2024, que decorreu entre setembro e abril, destaca-se pelos excelentes
resultados atingidos, e pela mobilização dos farmacêuticos a nível nacional.

Nesta época de vacinação, mais de dois milhões de portugueses
receberam a vacina contra a gripe e o reforço contra a COVID-19, que contou com
a participação de de 7 018 farmacêuticos em 2 491 farmácias aderentes
à Campanha, distribuídas por todo o país, facilitando o acesso e a distribuição
destas vacinas.

A grande maioria da população foi vacinada na farmácia
comunitária (70%), tendo a acessibilidade sido um dos principais motivos
apontados para a escolha da farmácia como local de vacinação.

A cobertura vacinal atingida contra a gripe na população
com 65 ou mais anos de idade, esteve em linha com a cobertura vacinal do ano
passado. Também a cobertura vacinal contra a COVID-19 está em linha com o
observado noutros países da Europa.

Segundo o Relatório da Direção-Geral da Saúde publicado no
final de abril, entre 29 de setembro e o final do mês de março de 2024, foram
administradas 2 493 916 doses de vacinas contra a gripe, representando o maior
número de pessoas protegidas de sempre.

Portugal esteve sempre entre os países da linha da frente
na vacinação sazonal, a nível europeu.  

Os resultados positivos desta
Campanha reforçam a importância de enfrentar os desafios de saúde pública
futuros de forma colaborativa e inovadora.

 A Federação Internacional Farmacêutica (FIP) apresentou um novo relatório sobre o crescimento do papel do farmacêutico na vacinação. O documento fornece uma visão abrangente sobre o serviço de vacinação em farmácias em 120 países e territórios.

“Leaveraging pharmacy to deliver life-course vaccination” é o título do novo relatório da FIP sobre a evolução do papel dos farmacêuticos na vacinação.O documento baseia-se num novo inquérito realizado a 73 países, com dados recolhidos pela FIP em 2016, 2019/20 e em 2022. São apresentados resultados sobre uma variedade de esquemas de imunização liderados por farmacêuticos, incluindo atividades de defesa, quadros regulamentares, administração e prescrição de vacinas, formação e certificação, manutenção de registos de vacinação, reembolso por serviços de vacinação e satisfação do público, bem como sobre os desafios à expansão dos serviços. O relatório fornece uma visão global sobre os serviços disponibilizados por farmacêuticos nesta área, com um mapa interativo para explorar o progresso e as competências dos farmacêuticos no âmbito da vacinação.

Link da fonte

Scroll to Top