Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Farmacêuticos ibero-americanos reuniram em Barcelona – Notícias


A recém-criada Sociedade Científico-Profissional de Farmácia Comunitária Iberoamericana (SOCFIC) realizou o seu primeiro congresso nos dias 9 e 10 de junho, em Barcelona, juntando mais de 400 farmacêuticos, instituições e empresas do setor para definir um “projeto comum” para a farmácia comunitária Iberoamericana. O evento contou com participação do bastonário da Ordem dos Farmacêuticos (OF) de Portugal, Helder Mota Filipe, entre outros farmacêuticos portugueses que integram também os órgãos sociais desta nova organização.

Com cerca seis meses de atividade, a nova sociedade científica
e profissional que junta farmacêuticos comunitários iberoamericanos (Portugal,
Espanha, América do Sul, Central e Caraíbas) organizou o seu primeiro congresso
internacional.

Na abertura do evento, o presidente da SOCFIC, Jesús Gómez,
explicou os objetivos da nova organização e desta primeira edição do seu congresso.
A SOCFIC tem por missão o desenvolvimento da prática clínica e assistencial
na farmácia comunitária Iberoamericana, promovendo serviços e cuidados
farmacêuticos e de saúde pública e a aplicação do conhecimento
científico à prática clínica.

A nova sociedade tem como vice-presidente o bastonário
da OF de Portugal entre 2009 e 2015, Carlos Maurício Barbosa, a que se juntam
as farmacêuticas portuguesas Carolina Mosca e Teresa Almeida, como vogais da
direção.

Presente na cerimónia de abertura do Congresso, o bastonário
da OF de Portugal, Helder Mota Filipe, saudou a nova organização por preencher
um espaço relevante para a representação dos farmacêuticos ibero-americanos e
para a partilha de informação entre profissionais destes países.

O representante dos farmacêuticos
portugueses descreveu a realidade do exercício profissional farmacêutico no
nosso país e mencionou os principais desafios que a profissão enfrenta,
nomeadamente na implementação dos novos serviços farmacêuticos para dispensa de
medicamentos hospitalares nas farmácias comunitárias e para renovação da
terapêutica a doentes crónicos.

Na perspetiva do
bastonário, a convergência de profissionais na SOCFIC permite a “partilha de experiências e conhecimentos sobre problemas
comuns a todos os países, como as ruturas de medicamentos, e desafios específicos
relacionados com a integração e articulação de serviços farmacêuticos nos respetivos
sistemas de saúde”.

Link da fonte

Scroll to Top