Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Farmacêuticos espanhóis lançam campanha contra desinformação sobre vacinas – Notícias


O Conselho Geral dos Colégios Oficiais de Farmacêuticos de Espanha (CGCOF) e a EFE Verifica, a equipa de verificação e dados da Agência EFE, lançaram uma campanha conjunta para fornecer informação verificada na farmácia e refutar os embustes relativos às vacinas contra a COVID-19. A iniciativa, apelidada de “VacunaCheck”, abrirá um canal de comunicação simples com utentes que recebam informação errada e contra a toma das vacinas aprovadas, especialmente através de redes sociais e plataformas de troca de mensagens.

Ao longo dos próximos meses, mais de 22,000 farmácias vão encorajar cidadãos a enviar inquéritos sobre informação que suspeitem ser falsa, através do WhatsApp da EFE Verifica, plataforma a que podem facilmente aceder com um smartphone. A farmacêutica madrilena María Cruz Sierra destacou que esta campanha consegue chegar aos utentes através “da mesma plataforma” por onde circulam notícias falsas e ajuda a “fornecer informação correta” aos cidadãos.

Através de pósteres, será explicado como perguntar sobre a veracidade dessas mensagens, sendo apenas necessário efetuar o scan de um QR code, um gesto a que já nos habituámos durante a pandemia, para abrir um chat com a equipa de verificação. A farmacêutica Blanca Vargas encorajou o uso desta iniciativa visto que, na sua opinião, esta é uma “fonte de confiança para profissionais de saúde”, que vão ajudar os utentes que estão alheios à operação do QR code. “A farmácia está perto, é acessível e não é necessário fazer uma marcação. Se for uma pessoa que não utiliza tecnologia, nós instalamos no WhatsApp do seu telemóvel”, acrescentou.

Este canal de WhatsApp será uma via direta e rápida não só de fazer propostas de verificação, mas também de receber informação verificada e conteúdo útil relacionado com as vacinas contra a COVID-19. O projeto foi apoiado pela International Fact-Checking Network (IFCN) e pelo WhatsApp, sob o enquadramento de um programa de ajuda lançado para promover a verificação de dados relativos a vacinas, num momento chave da estratégia de imunização.

Aceda à notícia completa aqui.

Link da fonte

Scroll to Top