Email: geral@afp.com.pt Tel: 222 089 160 *

Logo Ordem dos Farmaceuticos

Amazon vende milhares de produtos inseguros ou proibidos – Notícias


De acordo com uma investigação recente, a Amazon está a vender pelo menos 4.152 produtos que foram incorretamente identificados, proibidos ou declarados como inseguros pelas autoridades nacionais.

A
lista de artigos disponíveis na Amazon inclui produtos com a menção
“aprovados pela FDA”, que nunca foram avaliados, medicamentos que não
continham avisos de segurança para crianças, almofadas para bebés proibidas,
medicamentos sujeitos a receita médica importados de forma ilegal, aparelhos
eletrónicos com certificados de segurança UL falsos, brinquedos com quantidades
inseguras de chumbo ou potencial risco de asfixia, entre outros. Muitos destes
produtos continham o rótulo “Amazon Choice”, que é algo em que os consumidores
à partida não devem confiar.

Os
investigadores acreditam que esta situação resulta da enorme rede de vendedores
independentes da Amazon, que vendem livremente e prestam serviços de remessa
diretamente dos armazéns da empresa. Nesse contexto, a Amazon não assume a
responsabilidade por produtos inseguros, porque tecnicamente não é a Amazon
quem os vende.

Leia a notícia na íntegra, aqui.

Link da fonte

Scroll to Top