AFP
Damos valor à sua farmácia.

Notícias

07 Jan

Governo vai adiar para junho obrigatoriedade de receitas médicas eletrónicas

O Governo vai adiar para Junho a obrigatoriedade de os médicos passarem receitas médicas por via eletrónica.

O Secretário de Estado Adjunto da Saúde informou que o prazo para a possibilidade de a prescrição das receitas poder ser feita “de forma manual” ​​​vai ser estendido “através de uma portaria”.

António Lacerda Sales indicou que vai ser estudada com os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) “uma solução mais estruturada e mais robusta” para depois ser apresentada.

O prazo previsto para acabarem as receitas em papel, passando a haver apenas receitas eletrónicas, tinha sido adiado até ao passado 31 de dezembro devido à situação pandémica que o país atravessa e pela dificuldade dos SPMS em prosseguirem com as formações necessárias para estes médicos.

Notícia completa aqui.