AFP
Damos valor à sua farmácia.

Notícias

09 Mar

COVID-19: Regras básicas a cumprir nas farmácias

O surto do COVID-19 tem gerado preocupação junto das populações e das autoridades de saúde mundiais. A deteção de diversos casos positivos de doentes portadores do Covid-19 em Portugal conduziu, naturalmente, à ativação de planos de contingência nacionais com o objetivo de travar a propagação do coronavírus.

Recentemente, a Direção-Geral de Saúde divulgou um conjunto de recomendações que os profissionais de saúde devem ter em conta no combate ao COVID-19. Relembramos alguns dos principais cuidados que os farmacêuticos comunitários deverão implementar nas suas farmácias.

  • Na entrada das farmácias deverá ser colocado, de forma bem visível, o cartaz disponibilizado pela Direção-Geral de Saúde, que alerta o utente para a necessidade de avisar de imediato no caso de: possuir sintomas como febre, tosse ou dificuldade respiratória e existir ou história de viagem para áreas afetadas ou contacto com pessoas afetadas.
  • As farmácias deverão ainda disponibilizar em local acessível soluções antisséticas de base alcoólica e máscaras cirúrgicas em local conhecido por todos os profissionais da equipa da farmácia.
  • Os profissionais farmacêuticos devem ainda ser orientados e treinados para efetuar uma deteção precoce de casos suspeitos de infeção.
  • Perante um caso suspeito, os profissionais de saúde deverão ter em conta os seguintes passos de atuação: Oferecer máscara cirúrgica; encaminhar o utente para o gabinete de atendimento (evitando contacto direto); contactar o SNS24 e descrever a situação e assegurar a limpeza e desinfeção do espaço após o utente sair.
  • Para este processo de limpeza pode ser usado, por exemplo, álcool a 70 graus. Durante este processo, os profissionais de saúde deverão usar máscara cirúrgica e luvas descartáveis.
  • Perante um caso suspeito, a máscara cirúrgica deve ser colocada pelo próprio utente, com orientação do profissional. Após a colocação, o utente deve ter acesso à solução antissética de base alcoólica. Deve orientar-se o utente para colocar e ajustar bem a máscara e evitar mexer nela. Quando esta se encontrar molhada, deve rejeitá-la.


Informações detalhadas e mais completas estão disponíveis no site da Direção-Geral de Saúde.