AFP
Damos valor à sua farmácia.

Notícias

09 Fev

Investigadora do Porto cria alternativa ao sal com base em planta

Uma investigadora do Porto desenvolveu um processo que permite retirar o cloreto de sódio da planta salicórnia (semelhante a espargos), tornando-a "mais saudável" e criando assim uma alternativa ao sal

"Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os AVC's (Acidentes Vasculares Cerebrais) são causados, na sua maioria, por excesso de cloreto de sódio [sal] no sangue, sendo esta a maior causa de morte a nível global", disse a responsável pelo projeto Sal Verde, Marisa Ribeirinho.

Até a 2017, "registou-se na Europa uma percentagem de 27,5% de mortes por AVC", continuou a investigadora, que começou a trabalhar com a salicórnia (conhecida por sal verde ou espargo do mar, devido à semelhança aos espargos verdes) em 2013, quando a planta "não era muito conhecida em Portugal".

Ler na íntegra aqui

Fonte: Sapo 24