AFP
Damos valor à sua farmácia.

Notícias

05 Dez

Estado poupa 145 milhões de euros com compras centralizadas na Saúde

Estimativas são dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, para 2017. A 1 de Janeiro entra em vigor o novo código do contrato público, que termina com o conceito da compra pelo preço mais baixo.

Até ao final do ano o Ministério da Saúde deverá poupar 145 milhões de euros com as compras centralizadas na área da Saúde, que vão desde medicamentos a serviços como gás e luz. Uma poupança que os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) estimam ser de 13,5% a 15%.

O valor total de compras centralizadas feitas pelos SPMS ronda, este ano, os 985 milhões de euros.

No início deste mês a poupança em compra de medicamentos, dispositivos médicos e prestações de serviços médicos era já de 129 milhões de euros, mais 20 milhões do que o conseguido no ano passado. No que diz respeito aos serviços transversais, como luz, gás, equipamento informático, a poupança foi de 13,8 milhões de euros, mais 3,6 milhões do que o conseguido em 2016.

Ler na íntegra aqui

Fonte: Público